PBI Visualizações personalizadas

Parte 4/4

Gráfico de Gantt

Na gestão de projetos uma ferramenta que é normalmente utilizada é o gráfico de Gantt.

Este tipo de gráfico permite-nos perceber rapidamente quais as datas importantes assim como as dependências entre tarefas e os possíveis atrasos que ocorrem.

Na loja da Microsoft existem três visuais disponíveis:

Gantt by Microsoft Corporation  (https://appsource.microsoft.com/en-us/product/power-bi-visuals/WA104380765?tab=Overview)

Gantt Chart by MAQ Software (https://appsource.microsoft.com/en-us/product/power-bi-visuals/WA104381364?tab=Overview)

Gantt Chart by xViz (https://appsource.microsoft.com/en-us/product/power-bi-visuals/WA200000891?tab=Overview)

Tal como nos gráficos anteriores com a configuração certa poderemos montar um gráfico Gantt sem a necessidade de efetuar downloads.

Montar o gráfico Gantt

Este gráfico é apresentado normalmente num formato de tabela e/ou matriz sendo que necessitamos apenas de marcar (colorir) as áreas onde queremos apresentar a ocupação numa determinada data (representada nas colunas) por um determinado recurso/atividade (representado nas linhas)

Tendo em conta esta configuração necessitamos de:

  • Área a ser preenchida com cor
  • Visualização da Matriz

Vamos criar um exemplo muito simples de Gantt, no entanto é possível aumentar o nível de detalhe e de complexidade. Assim só necessitaremos de uma única medida:

Usage User =
IF (
    (
        MAX ( 'calendar'[Date] ) < MAX ( 'Gantt Chart'[Start Date] )
            || MAX ( 'calendar'[Date] ) > MAX ( 'Gantt Chart'[End Date] )
    );
    BLANK ();
    1
)

No cálculo acima comparamos se a data na matriz está no intervalo de datas das tarefas se sim colocamos o valor 1 senão fica em branco.

O próximo passo é montar a nossa matriz sendo que o truque para a criação do gráfico de Gantt é a utilização da formatação condicional. A configuração da matriz deverá ser efetuada de acordo com o seguinte formato:

Linhas:

  • Task
  • User

Colunas:

  • Year
  • Month Name
  • Day

Valores:

  • Usage User

Por último devemos descer na hierarquia das linhas e das colunas até ao nível mais baixo e aplicar a formatação condicional ao fundo da matriz e ao tipo de letra.

Devemos então fazer a formatação condicional de acordo com as imagens abaixo:

Backgfournd.png
font.png

Como podem verificar o gráfico de Gantt está então preenchido:

Gannt-.png

Poderemos então efetuar outras formatações para termos o gráfico de acordo com as nossas preferências.

No caso de quererem identificar as tarefas ou os utilizadores deverão ser criadas medidas adicionais e formatações condicionais.

Palavras finais

Como podem verificar se conhecermos a forma como as visualizações funcionam no PBI e tivermos algumas configurações adicionais utilizando DAX ou o editor avançado de query (linguagem M) podemos efetuar diversas customizações das visualizações sem necessidade de recorrer a downloads.

No entanto, com este texto, não pretendo dissuadir da utilização dos visuais personalizados que existem uma vez que se trata de uma grande vantagem do PBI permitindo resolver vários problemas e evidenciar o relato da nossa história.

As medidas apresentadas podem ser melhoradas através da criação de variáveis e/ou parâmetros dinâmicos, contudo, foram apenas criadas como prova de conceito portanto os modelos apresentados poderão apresentar alguns erros ou duplicações.

Façam o download do ficheiro (PBIX) na galeria de histórias do PBI (Data Stories Gallery) e caso tenham sugestões ou questões por favor partilhem.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: