Importar anexo de e-mail

Uma das grandes vantagens do Power BI (PI) é a quantidade de ligações que temos a nossa disposição. Dentro das diversas opções disponíveis algumas das mais interessantes são as que interagem com outras ferramentas da Microsoft.

Muitas vezes temos por base a ligação a ficheiros ou pastas que estão guardadas localmente, num servidor ou num portal (exemplo Sharepoint) no entanto podemos efetuar uma ligação diretamente ao Outlook e abrir um ficheiro para servir como base dos nosso relatórios. Sendo que é possível criar regras no editor de queries que poderão atualizar o nosso relatório aquando da chegada de novos emails.

Vamos então perceber como podemos definir esta ligação ao Outlook.

A opção de ligação é o Microsoft Exchange Online:

No passo seguinte colocamos o endereço de e-mail

Seguidamente surge-nos a janela de login onde temos de inserir as nossas credenciais:

A opção de ligação deverá depender do tipo de conta mas é possível efetuar a ligação a uma conta de Exchange ou Microsoft.

Após a ligação a conta surge-nos a tabela normal de seleção das tabelas:

Neste caso vamos debruçar-nos sobre o Mail e como podemos verificar temos os disponível todos os campos de e-mail:

Folder PathTexto
SubjectTexto
SenderRegisto
DisplayToTexto
DisplayCcTexto
ToRecipientsTabela
CcRecipientsTabela
BccRecipientsTabela
DateTimeSentData/Hora
DateTimeReceivedData/Hora
ImportanceTexto
CategoriesLista
IsReadVerdadeiro/Falso
HasAttachmentsVerdadeiro/Falso
AttachmentsTabela
PreviewTexto
AttributesRegisto
BodyRegisto
IdTexto

Tal como sabem alguns deste campos implicam a expansão dos mesmo mas neste momento vamos focar-nos no campo Attachements.

No meu caso não tenho qualquer pasta adicional além das normais do Outlook portanto o meu ficheiro encontra-se na raiz da pasta inbox, no entanto supondo que se trata de um relatório recorrente faço um filtro pelo Título (Subject).

Apagamos todas as colunas excepto Attachments e DateTime Received. Como podem verificar a coluna dos attachments é expansível uma vez que se trata de uma tabela podemos então expandir a coluna Attachment Content e ficamos com o valor binary (binário).

Por último clicamos no botão com 2 setas na coluna do Content e surge-nos a janela para combinar ficheiros, com a ligação de acordo com o tipo de anexo que existir no e-mail (excel, pdf, csv, …)

Quando terminam podem verificar que o que o Power BI cria uma função tal como quando nos ligamos a uma pasta, ou seja, com base nos critérios anteriores ele reconhece que iremos ter um tratamento igual para todos os ficheiros que tiverem os critérios definidos e trata-os da mesma forma e combina os mesmo numa tabela final.

Podemos então proceder ao restante tratamento dos dados e criar o nosso relatório, depois quando o publicarmos basta fazermos o login no Power BI Web com a nossa password de e-mail e o nosso relatório é automaticamente atualizado sem necessidade de guardarmos o relatório numa pasta ou servidor.

Este é um exemplo mas com este acesso através do Exchange podemos criar ligações aos e-mails no entanto é possível conectarmos ao calendário, contatos e tarefas, estamos depois limitados pela nossa imaginação na criação de relatórios úteis e cativantes.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: