Cabeçalhos dinâmicos no Excel

Ao lerem o título devem estar a questionar-se porque é que falo em cabeçalhos dinâmicos no Excel quando este blog se dedica a Power BI.

Ao utilizar ficheiros de Excel como dados para um relatório de Power BI muitas vezes surge-nos uma questão recorrente que é o fato de que sendo ficheiros de excel apesar de a estrutura se manter igual os utilizadores por algum motivo mudam os nomes das colunas.

No Power BI quando importamos um ficheiro e criamos a nossa tabela de dados se alterarmos o nome das colunas no ficheiro base ficamos com um erro e a querie não é carregada.

Assim como podemos resolver esta situação?

Vamos pegar num exemplo de um ficheiro simple com 3 colunas:

Ao carregarmos esta informação para o Power BI ficamos com o seguinte formato:

Como podemos verificar o formato é igual no entanto se por acaso fizermos uma alteração no nosso ficheiro base ao atualizamos os dados vamos obter um erro:

Novos dados
Mensagem de erro

Tal como podem ver o erro é dado logo na primeira coluna, este erro vem do fato de que os nomes das colunas estão a ser utilizados no último passo da formatação de dados:

Se este passo não existisse tal como podem verificar na imagem abaixo não teríamos nenhum erro de carregamento no entanto o erro seria nas visualizações:

Novos dados Power BI

Como podem verificar o que aconteceu foi que as colunas foram atualizados com os novos nomes fazendo com que os gráficos deixassem de ter relação com os novos nomes logo ficando indisponíveis.

No entanto, se reparem na forma como é feito o carregamento de dados do excel vocês dizem mas o nome das colunas é automático e eu não posso mudar esse passo. Isto é parcialmente verdade, porque se por um lado o carregamento dos dados através do excel tem um conjunto de passos pré-determinados como a escolha da folha, a utilização dos cabeçalhos ou a formatação do tipo de dados (que já é possível desativar por defeito) o que acontece é que o Power Query faz um passo por cada transformação permitindo-nos assim editar o código.

Neste caso apenas temos de seguir estes passos:

  • Apagar o passo da promoção dos cabeçalhos das colunas
  • Apagar o passo da formatação de dados
  • Remover a primeira linha dos dados
  • Renomear as colunas
  • Formatar os dados

Assim com estes simples passos e desde que a estrutura dos ficheiros se mantenha a mesma conseguimos manter o nosso modelo funcional.

Portanto muitas vezes mais vale simplificarmos em vez de procurarmos uma solução dinâmica para tratar o novo nome das colunas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: